CNC: Práticas que você deve adotar para limpar

Quando possuímos máquinas de usinagem que possuem o padrão de CNC, é necessário impor um certo cuidado, quando se trata de limpeza. Isso, devido ao fato de máquina, não somente essas, possuírem particulares problemas como contaminações causadas por umidade, que geralmente causam danos irreversíveis ou muito caros para reparar as peças comprometidas.

O problema é que nem sempre a limpeza das máquinas é um procedimento muito simples. Afinal, cada uma delas possuem a sua particularidade. Apesar disso, é possível traçar algumas formas e meios de fazer o trabalho com excelência.

Antes de mais nada, lembre-se sempre de conhecer primeiro a sua máquina. Por isso, Leia o manual, saiba o que deve ou não fazer. Evite sempre danos, como corrosões e reações químicas que ocasionam por falta de atenção. Dessa forma, você poderá higienizar sua máquina com mais tranquilidade.

O que são Máquinas CNC

As máquinas de usinagem CNC (Controle Numérico Computacional) são aquelas que possuem um protocolo de operação. Desse modo, esse protocolo é do tipo que é auxiliado por computadores que convertem os designs espaciais em números em série, chamado CAD (Computer-Aided Design).

Essas máquinas necessitam de profissionais qualificados para lidar com esse tipo de protocolo. Isso, porque máquinas operatrizes, como moinhos, moedores e tornos, possuem um controlador em comum que envolvem o uso de computadores para exercerem sua função.

Ou seja, um computador específico controla máquinas como as citadas acima para melhorar seu planejamento, sua produção e produtividade numa operação de usinagem. Além disso, esse protocolo ajuda a dimensionar e manufaturar algumas curvas geométricas que, manualmente, seria quase impossível. Dessa maneira, criando peças de alta precisão.

Como limpar máquinas CNC

Como usualmente, as máquinas devem ser limpadas pela parte internet e externa. Assim, podemos incluir vários componentes para mantê-las higienizadas. Assim, podemos incluir produtos específicos, como o desengraxante industrial, assim como o álcool, para remoção de tintas nas máquinas, esponjas industriais e escovas pequenas.

Tendo as peças em mão separamos a higienização por etapas:

Parte Externa

É importante ressaltar que se deve sempre ler o manual de fabricação antes de efetuar quaisquer limpezas em sua máquina. Uma vez que o mesmo pode preveni-lo de quaisquer danos físicos e químicos. As máquinas CNC são capazes de fazer tarefas repetitivas que acabam desgastando seu material, sendo assim, necessária toda precaução.

 A primeira coisa a se fazer é desengraxar toda a máquina com o desengraxante industrial. Feito isso, lembre-se de enxaguar minuciosamente a máquina, após o uso do produto, para que não haja resquícios posteriores que podem causar danos na produção.

Após terminar a limpeza da parte externa, deverá se preocupar com a higienização do controle. Por isso, com o mesmo desengraxante, um pano, spray e uma escova pequena, limpe o teclado (nunca borrifando água diretamente nas telas para não as danificar). Logo após o teclado, limpe os detalhes com escova pequena, os mostradores, tela e painel.

Lembre-se a higienização deve ser periódica para que sua máquina CNC funcione conforme os padrões de sua empresa. Por isso, é importante realizar diariamente as verificações necessárias para seu funcionamento, as mesmas serão capazes de criar peças em maior período e produtividade.

Parte interna

A parte interna é a que mais precisa de atenção, uma vez que pouco podemos saber se não olharmos com cuidado. Por isso, quando efetuar a limpeza, certifique-se de que os contatos elétricos estão em boas condições, procurando sempre sinais de oxidação e corrosão. Além disso, se for o caso, é necessário utilizar neutralizantes ou conversores de corrosão.

Após completar toda limpeza interna, é necessário higienizar a máquina com algum preservador, como anti-bactericida e, em seguida, diluir óleo solúvel conforme a recomendação do fabricante.

Limpeza de CNC

Por que limpar máquinas CNC?

Como comentado acima, as máquinas possuem um procedimento repetitivo. Além disso, elas cortam materiais duros e estão fadadas a sofrerem muito desgaste. Com essa grande quantidade de usabilidade e, consequentemente, grande resíduo que as mesmas formam no dia a dia, há uma grande probabilidade de as mesmas acabarem se contaminando ou criando partículas que podem contaminar você mesmo.

A mistura de lubrificantes, resíduos, óleos e barramentos necessitam de certa delicadeza e atenção. Por isso, a higienização periódica é a melhor saída e o meio fundamental para garantir a segurança e longevidade da máquina.

Fazendo a limpeza regular nas máquinas CNC, sua empresa garantirá principalmente produtos de boa qualidade, afinal, uma vez que os mesmos não tiveram contatos com máquinas corroídas ou danificadas por falta de tratamento periódico. Oferecendo assim, uma melhor qualidade aos seus clientes, aumentando a rentabilidade e saúde de sua empresa e de seus funcionários também!

Além de que, mesmo que suas máquinas não apresentem problemas aparentes, quando feitas as revisões e devidas limpezas, você pode até mesmo prever possíveis problemas e, consequentemente, evita-los. Isso, além de evitar possíveis desgastes, assim, preservará um orçamento de sua empresa que, possivelmente será bem maior, se o problema for encontrado durante seu uso.

Leia também: Usinagem de engrenagem



Deixe uma resposta