Lubrificação: Sua importância na usinagem

A usinagem pode causar uma grande quantidade de deformação e tensão no material que está se formando por falta de lubrificação. Por isso, para garantirmos um melhor resultado, prolongar a vida útil de uma ferramenta e obter um melhor acabamento, é necessário que utilizemos fluidos para lubrificação.

É importante também saber escolher quais fluidos serão utilizados na operação. Afinal, a escolha deste, pode ser ideal para cada uma das diferentes situações em que se encontrará na usinagem. Por isso, é fundamental que você conheça o processo de produção de cada lubrificador.

Os chamados fluidos de corte, costumam ser tanto líquidos como gasosos. Os mesmos devem ser aplicados diretamente nas ferramentas de usinagem e em seu material, com o único objetivo de facilitar o processo e operação de remoção da peça. Primordialmente, suas funções são: Reduzir os atritos entre a superfície da peça/máquina e diminuir a temperatura na região usinada, utilizando a refrigeração.

Com o uso correto da lubrificação, o processo de corte e usinagem se mostram com mais produtividade e qualidade, devido a facilidade que a refrigeração reflete na operação. Assim, podemos afirmar a importância e a influência fundamental que a lubrificação pode ter numa peça usinada. Entretanto, uma vez que o fluido não manuseado corretamente, podem ocorrer inúmeros problemas para a saúde e o ambiente.

Principais finalidades da lubrificação

A principal função de um fluido de corte é lubrificar as superfícies entre a peça usinada e a própria ferramenta na hora da operação. Além disso, como já comentado acima, temos a influência da refrigeração durante a remoção do material, assim, livrando a máquina e a peça de possíveis corrosões e oxidações, mantendo as mesmas pré higienizadas.

As funções citadas podem causar consequências benéficas à operação, como, por exemplo, a redução da potência e força exercida pela máquina, para efetuar o corte. Por isso, gera um aumento da vida útil da ferramenta de corte e também dá um melhor acabamento da peça usinada.

O que são Fluidos de Corte

Os fluidos são líquidos e gases que, quando aplicados no material usinado facilitam a operação e o processo de corte. Além disso, os fluidos têm a função de refrigerar a superfície do material e da peça em que são aplicados. Assim, com sua ajuda, reduz-se o atrito entre ambas as superfícies e diminui a temperatura de ambos.

A boa escolha de um fluido de corte, principalmente, compele em toda a produtividade e na qualidade da peça usinada. Por isso, quando bem utilizada, a lubrificação se responsabiliza pelo melhor acabamento na peça, além de facilitar todo o trabalho para chegar no resultado final do material trabalhado.

Fluído de lubrificação na usinagem

A eficácia da lubrificação

Estas substâncias, chamadas também de fluido de cortes, são aplicadas, usualmente, entre duas superfícies. Quando isso ocorre, é formada uma película protetora com a finalidade de diminuir o desgaste de ambas as superfícies de contato. Assim, refrigerando, limpando e manter a proteção contra corrosões, evitando assim impurezas, é um dos objetivos da lubrificação de máquinas de usinagem durante suas operações.

Além dos procedimentos, há também as constantes manutenções que dependem da constante lubrificação, pois os componentes de montagem devem sempre estar com constante funcionalidade.

Segundo o protocolo do CNC (Controle Numérico Computacional), toda máquina de usinagem industrial deve possuir um sistema de lubrificação para garantir a integridade dos componentes de suas ferramentas. Isso significa, que até mesmo os componentes eletrônicos corroboram para que os componentes mecânicos funcionem constantemente, de forma rotativa ou linear, conforme suas cargas. Ou seja, a lubrificação é essencial para que esses equipamentos funcionem corretamente, uma vez que, ela mantém toda a conformidade de seu funcionamento, evitando os possíveis desgastes.

Lubrificação em máquinas

Um dos principais meios de prevenção aos problemas de corrosão e oxidação é através da lubrificação. Dessa forma, com o fluido de corte, é possível aumentar exponencialmente a vida útil de se equipamentos e máquinas. Porém, há sempre a necessidade de saber se precaver antes de aplicar quaisquer que dor o produto em seu equipamento.

Assim, antes de aplicar qualquer lubrificante, lembre-se de tomar alguns cuidados básicos. Cuidados estes são para principalmente não contaminar suas máquinas e, assim, não danificar e prejudicar sua peça. Assim, conheça alguns dos principais males da usinagem.

O pó em excesso, por exemplo, pode fechar completamente as vias de lubrificação, contaminando seu equipamento. A água, também pode atuar como vilão para as máquinas de usinagem. Além disso, quando em excesso, seu comportamento com os lubrificantes acaba em corrosões e ferrugem. Isso devido a mistura que ela tem com os pós e demais resíduos causados pela usinagem, gerando assim mais transtornos, do que benefícios.

Além disso, há ainda um surpreendente componente que pode se qualificar como vilão da lubrificação: Fluido de corte. Por isso, mesmo apesar de ser um dos principais componentes para lubrificar as máquinas, o mesmo, quando em excesso acaba tomando reações químicas extremas que causam contaminação de todo o sistema de sua máquina. Por isso, lembre-se de conhecer os produtos que utiliza, tão bem quanto conhece suas ferramentas.

Veja também: Materiais utilizados na usinagem



1 comentário

Deixe uma resposta