A eletroerosão e a usinagem de peças rígidas

Além de ser um procedimento muito preciso, através da eletroerosão é possível trabalhar peças muito rígidas.

Nessa página você vai encontrar:

Veja algumas informações essenciais a respeito do processo de eletroerosão. Esse é um dos avanços mais significativos no universo da usinagem, e com certeza fundamental nos dias de hoje.

A usinagem é a arte de moldar peças variadas principalmente através de placas de metal.

Na maioria das vezes são materiais de altíssima rigidez, e somente um maquinário especial consegue dar conta de cortar e moldar.

A eletroerosão faz parte desse grupo de procedimentos desenvolvidos especialmente para tornar mais fácil e rápido o processo de usinagem.

Entenda a importância da usinagem precisa

Embora algumas máquinas muito famosas como torno ou fresadora sejam extremamente eficazes, existem materiais que simplesmente não podem ser moldados através desses equipamentos.

Isso tem relação direta com a rigidez de cada material e a capacidade de cada máquina. Para suprir essa necessidade, portanto, foram criadas novas alternativas.

A eletroerosão entra como uma dessas soluções que surgiram justamente para atender a uma demanda específica de peças de alta rigidez e que precisavam ser moldadas de outra forma.

Todo o processo de molde, nesse caso, é realizado através de partículas de eletrodos a base de cobre, grafite, latão ou outras ligas metálicas. Não existe um contato direto entre a máquina e a peça, mas somente através dos eletrodos.

Através dessa técnica é possível criar peças de altíssima qualidade e precisão, que poderão ser utilizadas nas mais variadas indústrias, e com diferentes finalidades.

eletro-1

Eletroerosão a fio é um dos processos mais modernos e eficientes da usinagem.

eletro-2

Eletroerosão a fio: entenda o que é!

A eletroerosão a fio acontece quando descargas elétricas controladas por geradores são liberadas. Esse é um procedimento considerado de altíssima precisão.

Um programa de corte é responsável por determinar antecipadamente quais são os locais onde a eletroerosão deverá agir. Qualquer tipo de eletroerosão permite que peças de grande rigidez sejam moldadas.

Podemos usar como exemplo as superligas, que são extremamente duras, e impossíveis de serem moldadas em outras máquinas.

Algumas das peças que são normalmente feitas através dessa técnica são os passantes, verticais e complexos.

Uma das grandes vantagens é que as peças ficam mergulhadas em um líquido, o que promove o rápido resfriamento. Isso faz com que o resultado seja mais rapidamente percebido.

Na Braniva, você pode conhecer e aproveitar a usinagem feita através de eletroerosão. A empresa é referência em usinagem, e presta um excelente serviço.

PRECISA DE AJUDA?

Se você precisa de um serviço de eletroerosão, contrate uma empresa experiente e completamente preparada para lhe oferecer o melhor! Contrate a Braniva!