O que é Ciclo PDCA na lubrificação industrial?

A inovação é a chave para o sucesso todo empresário sabe disso. No entanto, alguns deles parecem esquecer essa regra de ouro no caminho para o sucesso empresarial. O aprimoramento do produto e a busca sempre por uma qualidade superior e uma melhor eficiência dos processos devem estar sempre no centro da filosofia de todo empreendedor.

Uma maneira fácil de manter a melhoria contínua central para sua empresa é implementar um ciclo de melhoria contínua PDCA que se repetirá e trará progresso e inovação constantes para seus processos e produtos. 

Um dos ciclos mais utilizados é o Ciclo Planejar-Executar-Verificar-Agir (PDCA), que abrange vários departamentos e setores.

Aprenderemos hoje mais sobre o Ciclo PDCA e como implementá-lo facilmente em sua empresa.

O que é o ciclo PDCA

O Ciclo PDCA, também conhecido como Roda de Deming ou ciclo de Shewhart, foi desenvolvido na década de 1950 pelo Dr. W. Edwards Deming, inspirado no trabalho sobre o método científico de Francis Bacon e nas teorias de Walter A. Shewhart. 

Repetindo esse modelo de quatro estágios, as empresas e organizações podem melhorar de forma fácil e contínua a qualidade e a eficácia de seus processos.

O Ciclo PDCA é usado por várias das mais importantes certificações de qualidade, como a ISO 9001 ou a ISO 50001.

A importância do PDCA na lubrificação industrial

O chão de fábrica é o local mais importante dentro de uma indústria, dessa forma um sistema que otimize todos os processos que são realizados na fábrica, é muito importante para que o tempo livre possa ser utilizado para a realização de outra atividade.

Realizando a aplicação do PDCA nos processos de lubrificação industrial na sua empresa, você vai aumentar a produtividade dos colaboradores e otimizar cada ação de forma planejada.

Com a otimização aplicando o PDCA, os gestores terão muito mais tempo para focar em áreas que necessitam de mais atenção( como a área de lubrificação das máquinas), podendo assim apresentar grandes melhorias na empresa.

Quando usar um ciclo PDCA

O ciclo PDCA é originalmente uma ferramenta de gestão da qualidade para melhorar continuamente a eficiência do processo e reduzir seus custos. No entanto, este modelo de melhoria contínua pode ser adaptado a diferentes tipos de situações:

  • Melhoria de um procedimento existente
  • Implementação de uma nova ferramenta
  • Definição de uma tarefa repetitiva
  • Coleta de dados

Como implementar um ciclo PDCA

O procedimento é composto por quatro etapas que devem ser repetidas ao final do ciclo. As quatro etapas são:

Planejamento

Determine uma meta que você gostaria de alcançar e estabeleça um plano para alcançá-la. Não se esqueça de definir metas mensuráveis ​​para analisá-las facilmente mais tarde no processo.

Não iniciar

Não executar o seu plano e implementar a nova alteração e / ou produto, ao coletar os dados necessários para as etapas seguintes.

Verificar (ou estudar) 

Estude os resultados do plano executado e compare-os com a situação anterior e o resultado esperado.

Aja 

Documente o procedimento e aplique o que você aprendeu com o procedimento,

Se os resultados forem negativos, proponha e adapte a melhoria planejada e reinicie o ciclo.

Se os resultados forem positivos, implemente de forma ampla as melhorias realizadas no processo e prepare outro ciclo de melhorias para desenvolver ainda mais a qualidade e a eficiência do seu processo.

 

Compartilhe este artigo
Leia Mais:  O que é usinagem alta precisão?


Deixe uma resposta