Processo de fabricação do Tubo Dreno

Empresa BRANIVA INDÚSTRIA MECÂNICA LTDA fundada em 22 de setembro do ano de 1977, somando mais de 38 anos de atuação no mercado, fornecendo serviços e fabricação de peças para indústrias químicas, petrolíferas, petroquímicas, siderúrgica, papel e celulose, entre outras.

De um perfil arrojado, a BRANIVA consegue atender às maiores exigências do mercado, fornecendo produtos de qualidade, pois conta com uma linha de produção rápida e focada nas necessidades dos clientes.

Além disso, possui qualidade em sua gestão e tem como propósito agregar valor, segurança e qualidade para os trabalhos das organizações que nos solicitam. Dessa forma fornece todo o apoio necessário para que essas instituições possam atuar com força e direcionamento.

Todas as peças fabricadas recebem rigorosa inspeção de qualidade, garantindo o fornecimento de produtos de excelência máxima.

Buscando atender as necessidades e superar as expectativas dos clientes como parte do fechamento do serviço, a BRANIVA encaminha à empresa os documentos referente ao pedido, assegurando a qualidade final do produto/serviço prestado.

Identificação: Tubo Dreno

Desenho/Referência: M-4290 REV: 4

Condições da Superfície: Bruta/Usinada/Pintada

Material: ASTM A 536 GR. 70-50-05

Processo de Fabricação do tubo dreno

O tubo dreno foi fabricado partindo de um fundido feito com modelo de isopor e dimensional acima do exigido, assim deixando sobremetal para uma posterior usinagem. 

É feito sempre uma análise de composição química, utilizando o espectrômetro, que é um aparelho de análise de materiais, assim o fundido fica pronto para garantir o material exigido e analisarmos se a peça foi bem fundida e está isenta de porosidade.

Partindo do material bruto, a mesma deu início a primeira operação de usinagem, para deixá-la paralela, concêntrica e balanceada para não faltar e nem ficar excesso de material em ambos os lados.

Após a operação anterior para o tubo dreno, foi dado início a furação da mesma usando um centro de usinagem, que é uma máquina ferramenta onde fura, fresa, copia etc.

Com isso demos início aos furos e as roscas que são exigidas na peça fabricada, para isso foi puxado as coordenadas para marcar os pontos a serem furados na peça. 

Terminando a furação da base do tubo dreno, o operador virou à mesma para facear o topo e dar início a segunda etapa de fresagem, acabando os diâmetros conforme desenho e buscando o centro relativo da parte inferior usinada.

Em seguida, a peça foi devidamente controlada pelo inspetor de qualidade, por meio do equipamento de medição tridimensional que realiza a captura de dados ao apalpar os pontos nas peças e componentes da máquina. 

Após, os dados obtidos são enviados ao software, que faz as análises e indica desvios que estão fora de tolerância, analisando as especificações do desenho e garantindo a melhor qualidade ao cliente na fabricação do tubo dreno.

Por fim, foi dado os devidos acabamentos no tubo dreno, deixando-a isenta de rebarbas e cantos vivos para posterior pintura, assim terminando o processo de fabricação para ser liberada à expedição.

Aplicação do tubo dreno

A peça fabricada cujo nome de tubo dreno é uma tampa que se aplica ao tubo de drenagem, assim vedando o conjunto e evitando a vasão dos derivados.

Neste caso o tubo dreno é utilizado para drenar o excesso de material durante o processo de fabricação de fertilizantes, assim deslocando os resíduos de um ponto a outro da área trabalhada.

Informações Complementares / Curiosidades / Dificuldades Encontradas

Em conversa com operador referente a usinagem do tubo dreno, foi resumido que por se tratar de uma matéria fundida, a mesma se encontra distorcida para poder usina-lá, assim acarretando uma dificuldade excessiva para alinhar o tubo dreno e conseguir dar as coordenadas necessárias para máquina começar a operação

 

Compartilhe este artigo
Leia Mais:  Laminação de alumínio: Vantagens do fluido no processo


Deixe uma resposta