Processos de fabricação do bloco da roda motriz

Processos de fabricação do Bloco da roda motriz:

Material de fabricação

  • Chapa (2x): 12,7 Espessura x 325 Altura x 535 comprimento (Corte a laser).
  • Chapa (2x): 12,7 Espessura x 143 Altura x 480 comprimento (Corte a laser).
  • Chapa (2x): 12,7 Espessura x 143 Altura x 325 Comprimento (Corte a laser).
  • Chapa (2x): 12,7 Espessura x 143 Altura x 285 Comprimento (Corte a laser).
  • Chapa (2x): 12,7 Espessura x 135 Altura x 143 Comprimento (Corte a laser).
  • Chapa (2x): 12,7 Espessura x 39 Altura x 143 Comprimento (Corte a laser).

Processos de fabricação do bloco da roda motriz

As matérias primas utilizadas neste processo vieram do corte a laser nas medidas de comprimento, largura e altura, também com os furos de diâmetros maiores e o rasgo quadrado já na pré medida para ser usinado.

O primeiro processo aplicado no bloco da roda motriz, foi a montagem das chapas na caldeiraria conforme o desenho, dessa forma todos seus componentes foram montados e ponteados (ponto de solda) para logo após soldar todas suas arestas.

O próximo passo foi soldar a peça já montada, a mesma foi inteiramente soldada pro processo MAG (metal ativo gás/CO2). Depois de ser inteiramente soldada por MAG, foi utilizado o processo TIG (tungstênio inerte gás/argônio) para dar os reparos necessários na solda já feita e finalizar suas arestas, dando um acabamento ideal.

Saindo da solda, a peça foi para o Centro de Usinagem para usinar todos os furos conforme o desenho, dessa maneira, o primeiro passo necessário para iniciar a usinagem do bloco da roda motriz foi o alinhamento (foi utilizado um relógio apalpador) da peça referente a mesa e as suas superfícies para que todos os furos ficassem de acordo com o desenho, pois a peça feita na caldeiraria acaba não tendo uma precisão tão grande quanto uma totalmente usinada. 

Feito o alinhamento no bloco da roda motriz, o primeiro processo foi mandrilar (abrir) o furo com o diâmetro de 90 mm H7 (tolerância de 0 a -0,035 mm), e logo após os furos de 108mm H11 (tolerância de 0 a 0,220 mm) e 88mm H11, após o mandrilamento, com a broca de centro foram marcados os furos de 10,3 mm (M12) e de 14mm (M16), marcados os furos e conferidos para que as medidas não fiquem erradas, as furações foram feitas utilizando brocas de 10,3 mm ( 4x) e 14mm (2x) (medidas referentes a rosca métrica conforme a tabela) e logo após a furação, foram feitas as roscas M12 (4x) e M16 (2x) com o macho (máquina).

A partir da usinagem feita no centro de usinagem, O bloco da roda motriz foi levado para a ajustagem para que as roscas M16 (2x) da face oposta a usinada fossem feitas a também dado o acabamento necessário para manter a qualidade padrão

Depois de todos esses processos a peça foi levada para o processo de pintura e pintada na cor amarela, chegando assim ao processo final de fabricação do bloco da roda motriz.

Aplicação da peça

O bloco da roda motriz é utilizado para a proteção da roda aplicada na ponte rolante, sendo fundamental para o aumento da vida útil da roda e também para a segurança devido o alto impacto e também as temperaturas consideravelmente elevadas.

Fotos do processo: 

 1- Matéria prima

Inspeção no bloco da roda motriz

A inspeção foi realizada em dois passos, o primeiro deles foi a medição das medidas como comprimento (532 mm), altura (325mm) e largura (168mm), além das medidas internas.

Depois das medidas montadas na caldeiraria terem sido controladas, as medidas usinadas nas máquinas foram inspecionadas, no caso os diâmetros de 90 H7, 108 H11 e 88 H11 e as roscas M16 e M12 foram calibradas.

 

Compartilhe este artigo
Leia Mais:  KPI’s para gestão de fornecedores


Deixe uma resposta