Processo de fabricação da peça PINO

Processo de fabricação da peça PINO

Material de fabricação

SAE-4140

Tratamentos para o pino

Tratamento Térmico: Temperado e Revenido para dureza 30-32HRC

Fabricação da peça

1° Processo: TORNO CONVENCIONAL

No primeiro momento, pegamos o material bruto para começo de um processo de usinagem do pino, com diâmetro de 75mm por 210 mm de comprimento.

É colocado no torno onde começa o trabalho de desbaste do material, com a ferramenta certa ao qual é a pastilha de desbaste, nome dado à ferramenta usada para essa ocasião.

O torneiro começa a fazer a segunda operação no pino, deixando o acabamento melhor, mas finalizando a parte de torno com o diâmetro de 70,2mm e 50,2mm, pois a finalização das medidas é feita na retifica, conforme pedido do cliente.

Para finalizar é feita no torno, a rosca de 1/8”NPT com a profundidade de 15mm. E  consequentemente é colocado o calibrador de rosca, para testar se a rosca foi feita certa.

2° Processo: Furadeira 

O segundo Processo na fabricação do pino é realizado na furadeira, mas antes a peça é levada até o desempeno para fazer a traçagem na peça para saber exatamente onde fazer o furo, nessa ocasião é usado o instrumento graminho de traçagem ao qual usa para marca a peça na medida exata. 

Realizado a marcação no pino, é posta na máquina para fazer o furo de ø6mm, e também outro furo de ø9mm

Finalizando a parte de Furos, então a peça está pronta para ser tratada.

3° Processo: Tratamento Térmico no pino

Então a peça é levada para ser temperada e revenida, para obter uma dureza mais elevada, (30-32HRC), depois que ter feito o tratamento, ela é colocada no durômetro (instrumento de medir dureza) para saber se está na dureza ao qual pede no desenho.

Leia Mais:  Quais as principais propriedades desejáveis em um material para ferramenta de corte?

Logo após o pino passar por todo processo de tratamento, ela é jateada para retirar as impurezas do tratamento térmico. Terminando o jateamento, as duas peças estão prontas para a próxima etapa.

4° Processo: Retífica

O quarto processo na fabricação do pino é a parte de retifica, medida deixada para retífica é de 51,8 diâmetro do comprimento. A medida exata é ø50,8mm.

Para o Retificador não tem problema em executar o serviço, pois a peça estava com sobre metal, o bastante para que não ocorra nenhum erro.

A peça está finalizada, acabada e retificada, sendo assim, a última etapa é a inspeção, onde avalia as dimensões encontradas, juntamente com as exigências do cliente.

5° Processo: Inspeção do pino

É usado o instrumento chamado altímetro para que possamos avaliar a medida, a altura da parte retificada. Sendo assim, o pino está na medida exata. Em sequência é usado o instrumento Micrômetro para medir o diâmetro retificado. Que também é aprovado pela qualidade das suas dimensões. 

6° Processo: Expedição

Seguindo para o último processo, a parte de embalagem do pino para transporte para cliente, as peças são acomodadas em caixa de papelão, pelo tamanho da peça e peso.

O material fabricado corre grande risco de enferrujar até chegar no seu ponto de entrega, para que não tenhamos problemas, passamos óleo nas peças, para que chegue em bom estado, e esteja em condição de uso. Logo cobrimos o pino com um volume de plástico bolha, para não ter nenhum arranhão, amassado ou algo do tipo.

 

 

 

Compartilhe este artigo


Deixe uma resposta